1 -Tenha uma reserva financeira para manter sua qualidade de vida e honrar seus compromissos, até que o seu novo negócio comece e lhe trazer renda, o ideal é você ter uma reserva que possa pagar as suas contas durante um ano. Ex: se todas as suas despesas mensais somam R$ 2.000,00, o ideal é você ter uma reserva no mínimo de R$ 24.000,00.
2- Converse com profissionais que já fazem o mesmo que você pretende fazer, analise o mercado, a economia desse segmento, essa profissão no futuro, observando se ela vai existir, ou pode ser extinta por aplicativos ou máquinas.
3 -Valorize sua jornada, todos os seus empregos, suas conquistas, pessoas que você impactou. Tenha um bom plano de marketing, faça parcerias , invista em treinamento e cursos e não pare de se desenvolver.
4 -Faça uma análise dos pontos fortes e dos pontos fracos que terão que ser desenvolvidos. Analise as oportunidades, mas fique de olho nas ameaças do mercado, (concorrentes, economia, tecnologia, segmento) etc.
5 Saiba quais são seus conhecimentos, habilidades, atitudes e principalmente seus valores que vão lhe dar o combustível para seguir em frente. Essa carreira está alinhada com o seu propósito de vida, com a sua missão?
6 -Quanto de energia, tempo e disposição terá pra entregar a essa “nova” carreira, alinhe as expectativas com a família e peça ajuda a profissionais que poderão lhe orientar para uma escolha certa.
7 -Entenda se você quer realmente empreender, ou apenas está querendo “fugir” do seu chefe ou da empresa que trabalha. Talvez você queira apenas se recolocar no mercado de trabalho, mas não empreender.