Empresários, empreendedores e executivos estão quase sempre às voltas com a incapacidade de equilibrar a vida pessoal e a profissional. Muitas vezes não sabem lidar com as prioridades nestas áreas distintas e acabam sempre tendendo para o profissional. O que fazer?

É comum identificar algumas situações onde estes indivíduos podem perceber se há desequilíbrio: tendem a ser workaholics; tendem a ser tensos e estressados; não administram bem sua agenda e tempo; misturam problemas pessoais com os de trabalho; sentem-se sobrecarregados, estressados e frustrados em relação a si mesmos e aos outros; entre outras.

Ocorre que para quase tudo tem jeito. Basta tomar algumas ações – algumas até relativamente simples – e será possível iniciar um processo de equilíbrio.

Estas foram apenas algumas sugestões. A lista é infinita e varia de pessoa a pessoa.

Asseguro que, adotando estas e outras ações congruentes com o tema em tela, a vida tornar-se-á mais prazerosa. Mas, o mais importante é que, a decisão é individual e intransferível. Ninguém poderá fazer isso por você. Afinal, é a sua vida!

NOTA: artigo originalmente publicado em 09 de fevereiro de 2014, no site da revista Business Review Brasil