O Coaching permite que a pessoa desenvolva e potencialize habilidades e competências e assim, enfrente as adversidades da vida.

O ser humano, através de diferentes estímulos do meio, vive inúmeras experiências ao longo da vida e dependendo da situação, sua reação pode ser positiva ou negativa. Quando as adversidades da vida são traumáticas, o indivíduo entra em contato com um alto nível de estresse que pode resultar em inúmeros problemas no futuro. 

Os traumas e adversidades são visíveis quando uma situação presente se associa com um evento passado. Dessa forma, as emoções são ativadas, a pessoa se vê fragilizada e por conta da alta carga emocional se bloqueia. Ou seja, o indivíduo, por não ser capaz de processar algum trauma ou limitação, sente medo, perde o controle e não consegue reagir.

Todo esse ciclo deixa marcas na vida de qualquer ser humano e afeta negativamente a sua qualidade de vida, pois o trauma gera um conflito entre o que a pessoa deseja e as limitações do meio externo (as outras pessoas, a cultura, o Estado, etc) ou ainda do próprio indivíduo, quando ele se autocensura.

São inúmeras as experiências que podem causar traumas e limitações em uma pessoa, como por exemplo:

As consequências decorrentes de tais experiências são negativas e afetam a vida da pessoa em âmbito pessoal e profissional, são elas:

Como o Coaching ajuda a pessoa a enfrentar as adversidades da vida

A vida de qualquer pessoa é composta por experiências positivas e negativas, é isso que a torna equilibrada. A desarmonia ocorre, quando os traumas afetam a vida do ser humano, impedindo o seu desenvolvimento e influenciam as suas ações e qualidade de vida. O correto é que a pessoa enxergue as suas experiências negativas como uma força motivadora para ser alguém melhor e ir além das suas limitações.

Mas como fazer com que traumas e limitações se tornem algo positivo? As técnicas e ferramentas de Coaching são capazes de auxiliar o indivíduo nessa caminhada. Através de perguntas poderosas a pessoa trabalhada questões internas como autoconhecimento, passa a confiar mais em si mesma, adquiri autonomia e se desenvolve de forma contínua.

Com isso, o processo ainda permite que a pessoa desenvolva e potencialize habilidades e competências, identifique pontos de melhoria, entenda seu comportamento, pensamentos e limitações e adquira inteligência emocional.  A partir daí, o indivíduo será capaz de superar traumas e medos do passado através da resiliência, ser tolerante às inconstâncias do dia-dia, encontrar motivação, alcançar mudanças positivas e assim, conquistar resultados extraordinários nos diferentes âmbitos da sua vida.

É muito importante que a pessoa tome consciência de que, apesar de serem traumáticas, as adversidades não podem ditar suas emoções, pensamentos e ações, muito menos controlar a sua vida. As experiências negativas precisam ser vistas como uma forma de aprendizado e crescimento, nunca como fonte de fraqueza e limitação. Encare-as, reescreva a sua história e seja o protagonista da sua vida.

Como você lida com as adversidades da sua vida? Você é o autor da sua própria história?