Libertando-se do passado através do PERDÃO

perdao-1

Perdoar: às vezes é doloroso, mas é importante e necessário para que possamos nos libertar do passado e seguir em frente. O Perdão tem o poder de restaurar nossa vida.

Quando convivemos com as mágoas, frequentemente retornamos ao nosso passado e mergulhamos em dores e assuntos mal resolvidos.

Escolher perdoar a todos, nos liberta de experiências que nos marcaram e que ainda podem estar atuando nas decisões que tomamos para nossa vida. Perdoar a si mesmo, nos dá permissão para reagir de modo diferente e eliminar sofrimentos desnecessários.

Quero compartilhar 10 passos para o perdão, e que vai ajudar você a perdoar e ser perdoado.

  1. Permissão para Perdoar – O perdão parte de dentro, de uma permissão genuína que concedemos para perdoarmos a nós e ao outro por algum mal que tenha nos causado. Esse ato nos liberta de sentimentos negativos, do estresse e corta de vez o elo com o acontecimento/pessoa.
  2. Aceitação de si mesmo – Busque entender quem você é na essência e identificar por que determinado fato causa tanta dor/raiva. Com isso, busque expressar o seu sentimento e expor seu ponto de vista sobre a situação.
  3. Diálogo Interno e Foco no Perdão – Assuma a responsabilidade de fazer o seu melhor para conseguir chegar ao autoperdão. Busque dialogar com seus sentimentos e foque em transformar sua dor em emoções positivas e motivação para continuar.
  4. Entenda o Objetivo do Perdão – Perdoar não é aceitar o erro da pessoa, mas sim libertar-se definitivamente dos sentimentos nocivos que te ligam a ela. Ao perdoar você restabelece sua paz de espírito, o seu equilíbrio emocional e resgata as emoções positivas que até então estavam imersas em suas mágoas.
  5. Viva o Aqui e Agora – Entenda que não é o que aconteceu, e sim a sua interpretação do fato, de ontem ou de dez anos atrás, que faz com que você sofra. Não traga para o seu presente emoções negativas do passado. Permita-se fazer novas leituras e reagir de modo diferente.
  6. Permita-se Ressignificar – Nos momentos de aflição, procure exercitar o autocontrole, isso evita que os hormônios do estresse se espalhem por seu corpo e causem ansiedade e angústia. Respire pausadamente, procure relaxar, visualize um novo cenário e procure imaginar outro desfecho para a situação.
  7. Pense Positivo – Todo comportamento, por pior que seja, tem uma intenção positiva. Imagine novos caminhos, novas formas de alcançar seus objetivos e deixe de focar no erro em si. Relembre suas conquistas, sua trajetória de vida, orgulhe-se e honre sua história.
  8. Viva com Amor – Decida viver o lado bom da vida, tire o foco da pessoa que te magoou e evite ficar remoendo decepções. Procure enxergar atitudes positivas, amor, gratidão e bondade ao seu redor.
  9. Busque Aprendizado – Faça das decepções oportunidades para aprender a lidar com suas frustrações e perdoar a si mesmo e ao outro. Ninguém é infalível, nem mesmo você. Reconheça suas próprias falhas, aprenda com elas e leve sempre algo de positivo para sua vida.
  10. Seja Verdadeiro – Conceda o perdão sincero a si mesmo, reconheça os seus erros e procure não sofrer mais por isso. Do mesmo modo, peça perdão a quem possa ter magoado e ofendido, e permita que a outra pessoa também possa libertar-se do fato.

O simples fato de dizermos que estamos dispostos a perdoar já dá início ao processo de cura. Use estas dicas e permita-se perdoar para ter paz, para fazer a vida fluir.

Gratidão!

Deixe uma resposta